BIOGRAFIA

Theo Cancello

 

 

Pianista, tecladista, professor e produtor musical

 

 

Theo de Sá Guimarães Cancello, natural de Santos, iniciou sua carreira em 1995, tocando piano e teclado em casas noturnas santistas, junto aos pais e irmão, também músicos. Formou-se bacharel em piano pela Faculdade de Música da FAAM (Faculdade de Artes Alcântara Machado), vinculada a FMU (na época). Teve aulas de piano com Marisa La Corte, Marcelo Elias, Marcelo Beba, Rogério Zagui, Bia Rocha e Fábio Torres. Neste ano de 2019 defendeu sua tese de mestrado e tornou-se Mestre em Educação pela UNISANTOS (Universidade Católica de Santos). Atualmente, trabalha com música de diversas maneiras: pianista, tecladista, arranjador, produtor musical, técnico de estúdio e professor.

      Dentre suas principais referências, estão músicos que passeiam por diversos estilos e técnicas musicais. São eles Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal, Chick Corea, George Martin entre outros — aqueles que passeiam do Barroco à música eletrônica, do instrumentista ao orquestrador, da cultura indígena ao sintetizador.

        Desde 2011, desenvolve trabalhos em sua produtora de áudio, a TCS Produções Musicais, gravando e produzindo artistas, bandas, trilhas e jingles, além de lecionar piano e teclado. É um dos coordenadores do “Projeto Galpão”, no qual já tocou com Arismar do Espírito Santo, Gilson Peranzetta, Zé Mazzioti e Filó Machado. É pianista e compositor do Trio Ekoa, que lançou seu primeiro disco em 2015, com participações do cantor Renato Braz e do percussionista Marcos Suzano. Em 2014, o Trio Ekoa tocou junto com a Orquestra Jovem Tom Jobim em Santos e Sorocaba. O maestro Roberto Sion orquestrou a música “Fantasma”, de Theo Cancello e Paulo Maymone, para os shows. O Trio Ekoa também esteve em experiência internacional em 2015, realizando shows em Londres e Paris.

        Costuma se apresentar em teatros e casas noturnas santistas e paulistanas em formato solo ou acompanhando cantores(as) e bandas. Dentre os trabalhos mais notáveis está a participação como pianista do musical "Na Bagunça do teu Coração", com participação dos atores Claudia Netto e Cláudio Botelho, direção musical de Lincoln Antônio e direção geral de Bibi Ferreira. No período de julho de 2002 a setembro de 2003, acompanhou o grupo “Fat Family” em shows em variadas cidades do país. Tocou, durante sete anos, na banda “Carlos Bronson”, com a qual já abriu shows de Zeca Baleiro, Seu Jorge, Paula Lima, Fernanda Porto, Cláudio Zoli, Paulinho Moska etc. Assinou a direção musical de uma série de discos produzidos na Baixada Santista. Entre os artistas que dirigiu, destaque para o disco “Segredo”, da sambista Elenira Ribeiro, com a participação de Bocato, no trombone, e elogios literários de Paulinho da Viola na Folha de São Paulo. Em 2012 abriu seu próprio estúdio, o TCS Produções Musicais, e também passou a assinar a gravação e a mixagem de vários discos da região. No ano de 2013, o estúdio foi responsável pelas gravação e mixagem da trilha do espetáculo “Ópera Samba”, musical sobre José Bonifácio, patriarca da Independência. A peça contou com a participação do ator Alexandre Borges e de mais de 400 artistas da Baixada Santista. Theo foi co-diretor musical e compositor de parte da trilha. No ano de 2015 escreveu uma série de rearranjos de discos clássicos da MPB, como “Elis e Tom”, de Elis Regina e Tom Jobim, “Realce”, de Gilberto Gil, e “Cinema Transcendental”, de Caetano Veloso, para o Projeto Rearranjos, realizado no SESC Santos. Em 2019 foi convidado para participar do Baku Latin Festival 2019, em Baku, capital do Azerbaijão, na Ásia. Apresentou-se ao lado de seu irmão Daniel Cancello, flautista e saxofonista, no metrô da cidade e na primeira noite do Festival.

         Entre o biênio 2017-2019, Theo foi conselheiro de música e secretário do Conselho de Cultura de Santos, contribuindo de forma ativa com as políticas culturais da cidade. Em 2017 foi professor de teclado e teoria musical do projeto “Música e Cidadania”, lecionando chorinho em escolas públicas periféricas de Santos. O projeto foi uma realização do Clube do Choro de Santos. Atualmente leciona piano na escola Intermezzo, em São Paulo, e em sua própria residência, em Santos.